Pax - Resenha

Pax - Resenha

Oi pessoal, como estão? Hoje vamos iniciar a quarta-feira com uma resenha cheia de sentimento e lições valiosas para ensinar. Esse é um daqueles livros que te ganha pela capa mas que depois passa a fazer parte do teu coração; pela delicadeza da história e por tudo o que ela ensina e nos coloca a refletir.

Então vem comigo conhecer a história de Peter e Pax, na Resenha da Nadi <3


Título: PAX
Título Original: Pax
Autora: Sara Pennypacker
Ano: 2016
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 288
Gênero: Ficção infantojuvenil

“Peter e Pax, raposa e menino, inseparáveis. Mas a guerra se aproxima e guerras nem sempre respeitam os laços de amizade e amor. Em uma perigosa jornada para resgatar sua raposa, Peter terá que domar sua natureza feroz, enquanto Pax descobre a liberdade e os perigos do mundo selvagem.”

Peter é um menino de 13 anos, inseguro e com um relacionamento complicado com o pai, mas que possui um amor gigante por sua raposa de estimação, o animado Pax. Peter o encontrou na floresta, recém nascido, sendo o único sobrevivente da ninhada; ele precisou convencer o pai a deixá-lo ficar com a raposinha, que hoje é o seu verdadeiro companheiro.

Pax estava sempre com Peter, sabia suas manias, seus gostos, a forma como ele reagia ao ficar chateado ou imensamente feliz! Peter era o menino Pax, e isso bastava para que eles ficassem juntos para sempre! Mas infelizmente a amizade dos dois iria enfrentar o maior desafio de todos: a distância.

Com a guerra se aproximando, as pessoas estavam saindo de suas casas procurando por um local mais seguro; assim como a comida estava comprometida e cada vez seria mais difícil. O pai de Peter sabia que iria para o combate e precisava garantir a segurança do filho, então decidiu enviá-lo para a casa do avô, mas lá não haveria lugar para o pequeno Pax.
Então forçou Peter a abandonar o único amigo que sempre lhe foi fiel.

Pax não devia ter seguido o carro por muito tempo, mas a lembrança do bichinho se deixando ficar no acostamento de cascalho, confuso, era pior.

Peter não conseguia lidar com a confusão de sentimentos que a lembrança de Pax no acostamento trazia para ele, que amigo afinal ele era por abandonar a raposa? Pax nunca havia ficado fora de casa, não sabia nada sobre como viver sozinho, não sabia ficar longe de Peter, assim como ele não sabia ficar longe de Pax.

Nesse momento Peter decide embarcar em uma busca de volta ao local onde abandonou Pax e a raposinha decide adentrar a floresta e encontrar o caminho de volta para casa. Ambos vão vivenciar situações que nunca imaginaram, fazer novos laços e superar obstáculos perigosos para conseguirem estar juntos mais uma vez; porque às vezes a maçã cai muito longe da árvore. 


O acabamento do livro é lindo, capa dura com prolan fosco e ilustrações de Jon Klassen para nos deixar ainda mais apaixonados pela história! (A raposinha posando nas fotos é meu mini Pax).

Pax é um livro muito delicado e cheio de coisinhas para nos ensinar! A autora conseguiu abordar temas importantíssimos de uma forma muito suave, o que faz a leitura fluir sem que a gente perceba, e isso é uma qualidade que eu prezo muito em um livro. Assim como a linguagem usada para personagens tão diferentes como a raposa e o menino.

No livro os capítulos são intercalados, sendo um capítulo narrado por Pax e outro narrado por Peter. Eu já li alguns livros com histórias sobre animais, mas a forma como a autora narra os capítulos de Pax é totalmente diferente do que eu já conhecia de outras leituras! A forma como ela descreve o que Pax vê, reconhece e sente é muito doce e verdadeiro; faz você ter certeza de que realmente é assim que as raposas pensam (sério mesmo!).

Embora a história seja criada em cima de um tema forte como a guerra, somos apresentados à um outro tema que permanece evoluindo durante toda a leitura: a amizade de Pax e Peter. Poder acompanhar a luta de ambos para que um não esqueça do outro e ultrapassar o que for preciso para um último encontro, é mágico e aquece o coração do leitor, de verdade <3
Eu não sou uma pessoa muito emotiva e raros livros conseguem me fazer chorar, ou pelo menos sentir que a história realmente me tocou de alguma forma, e Pax me fez sentir isso em vários momentos!

Então, indico muito esse livro para qualquer pessoa que queira uma história de amizades verdadeiras, amor entre homem e animal, e principalmente para você que ama raposas!

 

Já leram Pax? Gostaram da Resenha? Me contem!

 

2 Comments
  1. Nadi, que incrível ficou essas imagens do livro com o Pax em 3D!
    O livro parece ser ótimo pela tua resenha, deu vontade de ler

    Um beijão

    1. Jé querida, obrigada! O mini Pax roubou a cena né? hahhaa
      O livro é ótimo sim, vale muito a pena ler!
      Obrigada pelo teu comentário, um beijo! <3

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *