Resenha - O Diário de Jack, o estripador

Resenha - O Diário de Jack, o estripador

Oi Pessoal, tudo bem?
Hoje é o primeiro post sobre livros! 🙂 E o primeiro título a ser resenhado é O Diário de Jack, o estripador.

Antes de mais nada, vamos para as informações do livro:
Título: O Diário de Jack, o estripador
Título Original: The Diary of Jack the Ripper: the chilling confessions of James Maybrick
Autora: Shirley Harrison
Ano: 2012
Editora: Universo dos Livros
Número de páginas: 504
Gênero: Investigação  Criminal
“ Estou com medo de olhar tudo o que escrevi. Talvez fosse mais sensato destruir isto, mas em meu coração não consigo me obrigar a fazê-lo. Já tentei uma vez, mas como o covarde que sou, não consegui. Talvez em minha mente atormentada eu deseje que alguém leia isto e entenda que o homem que me tornei não era o homem que um dia fui.”

DSCF3130

Sabe aquele livro que quando você coloca o olho pela primeira vez, você sente aquele arrepio de curiosidade? Então, foi exatamente assim que me senti ao ver esse livro, na vitrine de uma livraria em agosto de 2015.
E ao abrir o pacote de presente no Natal do ano passado, que eu senti aquele arrepio de novo, mas foi de felicidade, pois o diário era meu!

O livro se trata de um diário, tendo sido supostamente escrito por James Maybrick, um dos até hoje suspeitos dos assassinatos de Whitechapel, em Londres por volta de 1888.
James foi casado com Florence; que após a morte de James, foi acusada de tê-lo assassinado.
Se você alguma vez ouviu falar sobre Jack, o estripador; sabe que suas vítimas eram prostitutas, e que ele as assassinava cortando suas gargantas e mutilando seus corpos, sempre durante à noite.

O suposto diário foi encontrado e entregue à autora do livro; que antes de mais nada,  submeteu o diário à diversos testes; todos explicados minuciosamente no livro, para poder ter certeza de que ela não estava lidando com um artefato falso muito bem feito.
Ao longo dos capítulos, a autora apresenta laudos e relatos de especialistas de diferentes áreas para comprovar a autenticidade do diário.

Apesar de o livro ser extenso a narrativa não é cansativa, pelo contrário, é muito envolvente! O Diário é um daqueles livros que você não consegue parar de ler, pois precisa desesperadamente saber o que vai acontecer!

Conforme a autora vai contando a história dos testes, ela também nos conta suas pesquisas sobre a história de James Maybrick e relaciona com passagens do diário, fazendo com que você esqueça completamente que está lendo um livro, e passa a fazer parte da investigação juntamente com ela.

A partir da página 357, ela nos apresenta o diário na íntegra, escrito na letra do próprio autor, com a tradução ao lado.

“ Comprarei a melhor faca que o dinheiro pode comprar, nada será bom demais para as minhas putas. Irei tratá-las da melhor maneira, realmente da melhor maneira, elas ao menos merecem isso do J.”

Ao longo da leitura do diário, podemos perceber claramente as mudanças de humor, de comportamento, de alucinações de James.
Ao final do Livro, a autora nos mostra antigas fotos de James e Florence, das vítimas e também mapas dos locais onde cada uma foi assassinada e onde os Maybrick moravam.

Indico o livro para quem gosta do gênero, pois ele apresenta relatos minuciosos sobre as mortes; o que pode ser perturbador para quem não aprecia esse tipo de leitura.
Agora vamos falar sobre o acabamento do livro, como todo bom leitor. Ele é impresso em folhas amareladas finas, que não cansam a leitura; sua capa possui aplicação de prolan fosco, e o layout foi feito para parecer um diário antigo.

Eu simplesmente amei o livro, e devorei suas 504 páginas rapidamente!
E você, já leu o Diário? Não? Então não perde tempo, você vai sentir o estômago revirar 😉
Gostou da resenha? tem alguma dúvida? Comente!

rodapé_um beijo

10 Comments
  1. Sou medrosa que só, mas a curiosidade é maior. Mais um para a lista interminável…
    To adorando os posts Nadi! Super beijo!

    1. Oi Lore! Adorei saber que o Jack entrou pra tua lista =) Tu vai adorar!
      Obrigada por acompanhar, um beijo! <3

  2. Estou lendo todos os posts hein :p tá de parabéns minha linda, um melhor que o outro!
    Sobre esse post específico, achei ótimo, super bem escrito! Porém, como morro de medo de filmes (e livros) de terror, vou deixar passar essa leitura :p hehehe mas confesso que lendo o post fiquei curiosa pra dar uma espiada no livro. Quem sabe né?!
    Beijo beijo e continue escrevendo *.*

    1. Gabi sua linda, fico feliz que tu esteja gostando! Apareça sempre por aqui <3
      e quando o medo passar, leia o Jack! hahaha

  3. Muito legal sua resenha Nadi! Como uma book lover fiquei interessada em ler esse livro… Além disso, parabéns pelo blog! E, por favor, continue com posts sobre livros, pois acho muito legal e certamente estarei acompanhando! Abraços!

    1. Oi Marina! Adorei saber que tu gostou =)
      As resenhas estarão sempre presentes no blog; espero te ver sempre por aqui!
      Um beijo e obrigada!

    1. Vivi, se joga que tu vai amar, tenho certeza!
      Depois me conta o que achou =) beijo!

  4. Adorei!! Deu muita vontade de ler, eu gosto desse genero mas tinha medo que fosse ser cansativo. Agora ja sei que nao heheh beijos, Nadi!! Continua com os posts, to curtindo muito

    1. Que ótimo que tu gostou Jé! O livro é muito envolvente =)
      Apareça sempre <3 beijo!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *