O Mundo infelizmente, não é um Conto de Fadas

O Mundo infelizmente, não é um Conto de Fadas

Oi Gente, como estão? Hoje trago para vocês um textinho que escrevi à um tempo, mas que acho que cai muito bem agora nesses tempos de indiferença ao próximo.

Espero que gostem ♥

Houve uma época em que você sabia que depois das lágrimas, dos corações partidos, chegariam os príncipes cheios de si em seus cavalos brancos (ou não) e depois do beijo tudo seria resolvido, assim, facinho!

Eu cresci acreditando em tudo isso, e não me arrependo disso não! Aprendi muito com histórias de princesas e fadas, castelos e bruxas, e até hoje sou apaixonada por isso. Mas esse tempo em que eu vivi imersa em contos de fada não me transformou hoje, em uma pessoa alienada aos contextos da vida, pelo contrário! Eu sempre tento contornar os meus problemas e frustrações da forma que uma pessoa vivendo em um conto de fadas faria: respeitando a mim e aos outros.

Nessa nossa triste época atual é muito fácil vermos pessoas passando por cima das outras assim, na cara dura mesmo! Tanto que nos surpreendemos com gestos simples de ceder lugar em um ônibus, ajudar a atravessar a rua, ou simplesmente trocar um bom dia com um desconhecido. Coisas que são bem naturais no mundo dos contos de fadas mas que são ignorados por aqui.

Que tal a gente parar um pouquinho e refletir que talvez os contos de fadas não sejam tão ruins de serem seguidos?

Assim como todas as coisas do mundo, não precisamos levar tudo ao pé da letra! Se não você vai ter que andar por aí saltitando, cantando canções bem agudas e enchendo a casa de animais da floresta hahaha
O que me refiro é a gentileza e o pensar no próximo, isso que importa!

Gentileza é algo que depois que você começa a praticar parece que o universo joga de volta pessoas gentis pra conviver com você, o que é realmente muito maravilhoso.  Não custa absolutamente nada ser gentil, nada mesmo! Mas o retorno que você tem é muito precioso.

É como se você abrisse o seu coração para sentir as outras pessoas e depois ele não fechasse mais; porque o ato de ser gentil percorre você e acaba respingando nas outras pessoas e elas entendem que, podem abrir o coração pra isso também. Claro que, ninguém é perfeito! Eu já fui rude com muitas pessoas, tenho um humor oscilante que estou aprendendo a trabalhar e praticar a gentileza me ajuda pra caramba nesse quesito aí.

Pensar no próximo é praticar empatia, e isso é maravilhoso! Empatia é uma das minhas palavras preferidas e mesmo que ela não seja mencionada pela Cinderela, ela sabe muito bem o que é.

Quando você sente empatia, você respeita; quando você respeita, você é gentil. 

Os contos de fadas não estão ai para serem machistas, foras de moda, pedidos na realidade; eles estão aí pra ensinar lições que você precisa prestar atenção e sentir com o coração pra perceber. Não importa se a Branca de Neve foi lançada em 1937 e naquela época as mulheres não eram independentes e queriam sim serem salvas. Essas coisas mudam e vão continuar mudando (que bom), o que importa é que mesmo depois de 80 anos a animação nos mostra que aprender a conviver com as diferenças e personalidades de cada pessoa é respeitar! Que não arrancar o coração de alguém é ter empatia! Que cozinhar e limpar a casa de alguém que lhe cedeu um lugar pra ficar é ser gentil!

Se você olhar os contos de fadas com o coração vai entender que as lições são tão atuais, que até assustam! Assustam por ainda hoje precisarmos espalhar por aí essas coisinhas que são tão básicas, mas que a maioria das pessoas não conseguem praticar.

Então fica aqui a minha pergunta: os contos de fadas que são atrasados ou nós, que ainda hoje não conseguimos entender as lições?

 

Ótima semana, seus lindos ♥

 

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *