Teoria das Cores do Amor

Teoria das Cores do Amor

Oi Pessoal! Tudo bem?
Essa semana vamos deixar esse blog recheado de amor! E o post de hoje é sobre as Cores do Amor <3

Amar é natural do ser humano, seja ele de qual parte do mundo estiver! Relacionar-se com outra pessoa faz parte da vida; faz as pessoas mais felizes, mais humanas! Seja esse amor, de todas as formas que ele possa ser. Para os cientistas, o amor é um objeto de grande interesse, tanto que existem várias teorias que tentam, cada uma de sua forma, explicar esse mundo de sentimentos que envolve o tal do amor.

Mas a que nos interessa hoje, é a teoria As Cores do Amor do sociólogo canadense John Alan Lee (1973; 1976). Lee tenta explicar o amor, através de uma coerência de afinidades das cores. Segundo ele, assim como nas cores, o amor também possui diversas variações.

Foto02

Dessa forma a teoria funciona seguindo a linha do quanto duas pessoas se amam, e assim quais cores possuem uma boa combinação amorosa. Lee define o amor em três estilos, são eles: Eros, Storge e Ludus. Vamos ver as definições de cada um deles?

Amor Eros – representado pela cor Vermelha
Segundo Lee, o amor estilo Eros é iniciado com uma grande atração física, cheio de emoções fortes e querem viver intensamente cada momento juntos!

Amor Storge – representado pela cor Amarela
É um amor companheiro, onde a afeição e compromisso andam juntos. Amor calmo, repleto de carinho e cuidado; onde as pessoas preferem conhecer gradativamente a outra, aprendendo a apreciar os interesses e gostos uma da outra.

Amor Ludus – representado pela cor Azul
Para Lee, esse é um amor em que as pessoas não possuem seu tipo ideal, sendo um amor sem compromisso afetivo, chamados de amantes do amor. Não possui envolvimento emocional, sem exclusividade, somente prazer a curto prazo.

Esses três estilos de amor combinados um com os outros, formam novos tipos de amor, ou cores secundárias =)

“ Mania (eros + ludus), que se caracteriza pela preocupação obsessiva com o ser amado, de forma ciumenta e possessiva, pragma (ludus + storge), baseado em interesses comuns, em que se valoriza a compatibilidade, e agape (eros + storge), amor altruísta, respeitoso, dedicado, desinteressado.”

foto01

E claro, que assim como as cores, existem também tipos terciários de amor, que nascem da combinação dos tipos primários e secundários – eros estórgico, eros ludus e ludus estórgico.

Interessante não acham? O amor é um sentimento complexo que adoramos sentir! Seja ele em qualquer forma. Ele nos transforma e nos torna mais sentimentais.

Analisando a teoria das Cores do Amor, descobriu qual é o seu? Me conta!

rodapé_um beijo

2 Comments
  1. Olhaai, nunca tinha ouvido falar sobre essa teoria! Me identifiquei mais com o “Amor Eros” e o “Amor Storge” <3
    beijoo floor

    1. Oi Gabi! que bom que tu se identificou =) Essa teoria é bem longa, dei uma resumida aqui hahaha Mas se tu quiser procurar mais, tem muito material bacana!
      um beijo!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *