Temos uma nova Ariel

Temos uma nova Ariel

Ontem a Disney acabou com a especulação e finalmente anunciou a nossa Ariel, é ela: Halle Bailey
Eu fiquei chocadíssima com a beleza dessa menina de apenas 19 anos e claro, com o talento indiscutível que ela possui como cantora.

Quando o seu nome foi anunciado na metade da tarde de ontem, eu não fazia ideia de quem ela era, nunca havia nem escutado alguém mencionar o seu nome e por isso precisei (óbvio) dar uma pesquisada sobre ela. Halle é americana, é atriz e cantora, faz parte da dupla Chloe X Halle, que ganhou fama no YouTube ao cantar músicas autorais e de outros artistas. Ao assistir os vídeos dela percebi que provavelmente ela soltará (e muito) a voz em “Parte do seu mundo” para a nossa felicidade.

Logo que o anúncio oficial saiu, Halle correu pro twitter para confirmar escrevendo “dream come true… 🧜🏽‍♀️ “. Muito fofo pra nós e provavelmente muito emocionante pra ela. Mas nem tudo será um conto de fadas a partir de agora, eu sei disso. Ela vai precisar enfrentar milhões de pessoas que se sentem parte do mundo de Ariel e que estão soltos nessa internet afora prontos pra soltar maldades em forma de palavras. Ué, mas porque isso? Simples, Halle é negra.

Assim que o anúncio foi feito; eu que faço parte de vários grupos disney, pude ler uma enxurrada de comentários amando e odiando a escolha. A maioria das pessoas que não concordaram, deram o seguinte motivo: “Ariel é branca, Halle não é!”. Então batemos naquele discurso de sempre, onde as pessoas acham lindo a representatividade mas não querem que isso as incomode de alguma forma, não querem ser afetadas por isso. Hipocrisia né? Pois é.

Ariel é uma das Princesas Disney mais queridas, ela une duas coisas que fazem parte do sonho de muitas crianças, ser princesa e ser sereia, uau! Por isso ela reúne uma legião de muitas gerações de fãs e admiradores, tanto da sua beleza como do seu jeitinho encantador e sonhador. Muitos desses fãs não querem a representatividade ligada a sua princesa favorita, “porque querem ela como na animação”.

Ariel, escute aqui
O mundo humano é uma bagunça
A vida submarina é bem melhor do que tudo que eles tem lá

A Disney já deixou muito claro com todos os filmes live action que foram lançados que eles não querem sempre usar a fórmula do 100% igualzinho, eles querem mudar, afinal, muita coisa mudou desde que as animações foram lançadas, algumas agradaram, outras não. Mas temos que concordar que fomos levados ao mundo dos nossos contos favoritos em todos os filmes, mesmo com as mudanças.
Sei que crescemos acostumadas com uma Ariel diferente, que assistimos mil vezes a mesma animação e para nós é estranho pensar em outra forma de ver a nossa Sereia preferida, seria a mesma coisa se Branca de Neve aparece ruiva em um filme, não é o que a gente espera. Mas pensem comigo, a Disney tem apenas UMA PRINCESA NEGRA e infelizmente ela passa praticamente 80% do filme sendo uma sapinha verde.
Que felicidade para as crianças poderem ver uma Princesa negra na tela do cinema, se imaginarem lá, no lugar dela, sendo ela! Eu faço isso desde sempre e sei a importância que teve na minha infância, por isso quero que outras crianças possam sentir a mesma coisa

Nós teremos para sempre a nossa Ariel da animação, ela nunca vai mudar! Mas também teremos a felicidade de ter outra Ariel em um filme, com cores diferentes mas a mesma alegria, o mesmo jeito sonhador e a mesma forma de encantar corações.

Halle chegou pra mostrar que tom de pele ou etnia não muda o quão linda a história é, não muda o jeitinho sonhador da personagem e nem o nosso amor por ela. Halle chegou pra mostrar que histórias são contadas de perspectivas diferentes e continuam encantando quem as ouve.

Ela chegou trazendo mais cor, mais amor e mais empatia. Seja bem-vinda Halle, queremos SIM fazer parte do seu mundo! ♥

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *